A todas as pessoas de boa vontade

Papa recebe em audiência o presidente da COP 28. Foto Vatican News.

Apesar de alguns avanços e conquistas, é necessário definitivamente mudar de hábitos e de estilos de vida, interpelando todos os intervenientes da COP 28 a serem estrategas capazes de pensar mais no bem comum e no futuro dos seus filhos, do que nos interesses de alguns continentes, países ou empresas (cf. Laudate Deum, 60).

Círculos Laudato si’

Círculos Laudato Si'

No dia 19 de novembro de 2023, Dia Mundial dos Pobres, um grupo de cerca 40 pessoas reuniu-se na Igreja de Santo António dos Olivais, para responder ao apelo do Papa Francisco com a encíclica Laudato Si’, agora reforçado com a exortação apostólica Laudate Deum, nas vésperas da COP28, no Dubai, onde Francisco vai marcar presença.

Círculos “Laudato Si'”

Apresentação do filme A Carta, 18 novembro 2023 das 15 às 18:30 na igreja de Santo António dos Olivais, Coimbra

No dia 19 de novembro de 2023, Dia Mundial dos Pobres, das 15h às 18:30 na Igreja de Santo António dos Olivais, em Coimbra, realiza-se um evento que pretende sensibilizar e motivar para a criação de Círculos Laudato Si´.
Todos estão convidados, pois “são necessários os talentos e o envolvimento de todos” para nos libertarmos do paradigma tecnocrático, que nos está destruindo a todos.
De facto, “o mundo que nos acolhe, está-se esboroando e talvez aproximando dum ponto de rutura”.

Em defesa da Casa Comum nas vésperas da COP28

Vigília por um planeta amigo da vida, em defesa da Casa Comum nas vésperas da COP28, no átrio da Igreja de Santa Isabel, em Lisboa, 24 de novembro, a partir das 18h30.

Incertezas e sinais de esperança na casa comum

Testemunho – Externato Marista de Lisboa. Cuidar da Casa Comum foi um desafio lançado pelo Papa Francisco que a Província Marista Compostela acolheu de braços abertos, sendo, inclusivamente, uma linha orientadora do seu Plano Estratégico.

Incertezas e sinais de esperança na casa comum

Na aldeia de São José de Alacalar, na Mexilhoeira Grande, cada pessoa idosa, cada casal e cada família, no caso de casais com filhos deficientes, pode encontrar o que, normalmente, não encontram num Lar tradicional: liberdade, autonomia e privacidade.

Incertezas e Esperanças na casa comum

Crianças regressando da escola, projeto rodoviário patrocinado pelo ADB, Honiara, ilhas Salomão. Foto 2015, Luis Ascui ADB.

Aos impactos que ainda se vão sentindo da pandemia e do horror e sofrimento da Guerra na Ucrânia, juntam-se três grandes incertezas que marcam e continuarão a marcar as nossas vidas nas próximas décadas ou mesmo séculos, num cenário global cada vez mais perturbador e inquietante.

Incertezas e sinais de esperança na casa comum

Na horta do Externato Marista de Lisboa. Foto Marisa Temporão e e Mafalda Pereira.

Ouvimos e falamos constantemente de “cuidar da casa comum”, mas não podemos manter-nos como que anestesiados pelas palavras bem-intencionadas. É tempo de concretizar outras formas de usar os recursos da …

Ler mais

O pensamento revolucionário do Metropolita de Pérgamo

oannis Zizioulas, Metropolita de Pérgamo, com o Papa Francisco.

Um dos temas do caminho sinodal é a antiga questão do sacerdócio das mulheres, mas do ponto de vista de ampliar o nosso lugar na natureza por via da dimensão litúrgica, abre-se a todo o ser humano a vocação de ser sacerdote da criação.

%d